Header Ads

SPOILER: "Só com a ajuda do santo" de Bethânia, Alcione e Chico #ShowDeVerãoMangueira

O enredo "Só com a ajuda do santos" a Mangueira busca o bi campeonato em um carnaval da crise, para isto organizou seu 17º show de Verão da Mangueira para arrecadar fundos para a escola de samba. Com ingressos que variavam entre R$ 150 e R$ 600 reunindo uma verdadeira constelação da Música Popular Brasileira.

No primeiro show, nesta terça (14) no Vivo Rio, no Rio de Janeiro, Maria Bethânia fugiu do tema da religião e entoou "Embelezou/Vento de Lá", "Emoções" (Roberto Carlos) e "Reconvexo" (Caetano Veloso), segundo O Globo. "Muito obrigada, para sempre, minha Estação Primeira. Axé, Mangueira!", disse Bethânia ao puxar o samba-enredo "Maria Bethânia, a menina dos olhos de Oyá" interpretado pelo puxador oficial da escola de Samba Ciganerey, segundo o Estadão.

Tantinho cantou "Folhas secas", "Jequitibá", "Sei lá, Mangueira", "Fala Mangueira" e "Exaltação à Mangueira" e Leci Brandão cantarão samba de terreiro e exaltação "Samba de exaltação à Mangueira" de Aloísio Costa e Enéas Brites da Silva. Na sequência Fafá de Belém cantou "O Sol nascerá" (cartola) e "O Círio de Nazaré", clássico samba-enredo da União de São Carlos de 1975, reeditado pela Viradouro em 2004.

Rosemary interpretou uma dose dupla de "Nossa senhora" e "Jesus Cristo". Sombrinha entrou na sequência "Malandro sou eu" e "A volta do Malandro", já Mariene de Castro, assim como Leci Brandão, soube para que foi convidada e cantou "Ozóssi reina de Norte a Sul".

Fernanda Abreu cantou o que sabe  "Jack Sou Brasileiro" de Jackson do Pandeiro, Elba Ramalho entrou na sequência e cantou "Sebastiana", "Oração de São Francisco" e "São Luiz Gonzaga" e na sequência veio ele: Chico Buarque.

Chico interpretou "O que Será", "Samba do grande amor" e "O meu amor", esta última em uma parceria inédita em palcos com Alcione. Depois Ciganerey voltou com passista e componentes da Mangueira e entoou sambas-enredos de todos os tempos.

O Show de Verão de Mangueira foi criado em 1997 para a ajudar a Mangueira a colocar o Carnaval na Avenida, o desfile custa em média R$ 8 milhões e a receita do show chega a ser simbólica, segundo a Folha. Desde o ano passado o show deu oportunidade ao público assistir ao espetáculo, antes apenas 10% da bilheteria era disponibilizada para venda e chovia reclamações.

"A gente tem que acompanhar a evolução das coisas", disse ex-presidente da Mangueira Álvaro Caetano.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.